CANTOTO DO BLOG

CONTATO DO BLOG: oseias.ac@hotmail.com
orl.ac@hotmail.com

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Pérsia sobre atletas: 'me veem e não xingam'

Os jogadores de futebol costumam ser bravos e apressados com os gandulas, mas quando se trata de uma mulher nesta função, as coisas mudam. A gandula da Ponte Preta, Pérsia, que ficou famosa no jogo entre a Macaca e Corinthians, nas quartas de final do Paulistão, contou que os jogadores brasileiros quando a veem até desistem de xingá-la.
“Tem muita diferença entre por ser gandula mulher. Tem jogadores que tem vontade de xingar e quando eles me veem, param, prestam atenção e acabam não fazendo”, disse em entrevista ao Portal da Band, logo após participar do “Os Donos da Bola”.
Pérsia, de 28 anos, chama atenção bela beleza e a timidez. No programa do craque Neto, ela sofreu com as brincadeiras do comentarista Denílson. A gandula contou como os atletas pedem a ela para repor a bola em campo o mais rápido possível.
“Nenhum jogador nunca me xingou, eles falam: ‘Querida, me dá a bola. Me dá mais rápido, quero na minha mão’”, revelou.
Ao vivo no programa de Neto, a gata explicou que a Federação Paulista é quem designa os jogos em que vai atuar. E, após o episódio da gandula Fernanda Maia, do Botafogo, que entregou a bola no alto para o lateral do Botafogo e "ajudou" no gol do Alvinegro, no passado, agora está definido que gandulas devem entregar a bola no chão e os jogadores devem pegá-la para evitar particpações em algumas jogadas.
Nos estúdios da Band, a gata estava acompanha da mãe, Vilma e do sobrinho Rodrigo. E, indagada sobre quais jogadores chamavam sua atenção pela beleza e pela qualidade de jogo, ela não titubeou:
“O jogador que me chama atenção por beleza e pelo jeito de jogar é o Beckham. No Brasil, eu gosto do Pato”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário