CANTOTO DO BLOG

CONTATO DO BLOG: oseias.ac@hotmail.com
orl.ac@hotmail.com

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Cruzeiro do Sul: padrasto de 26 anos é acusado de violentar enteada de 14.


Járisson Firmino da Silva é acusado de estuprar a enteada de 14 anos/Foto: Juruá Online

Um homem de 26 anos foi preso no sábado, (26), acusado de estuprar a enteada, de 14. A denúncia chegou ao conselho tutelar por meio de uma ligação anônima. A mãe, o marido e a filha moravam na comunidade Bom Futuro no rio liberdade. 
Segundo informou a vítima, Járisson Firmino da Silva, vulgo “Goy”, mantinha relações com ela todas as vezes que a mãe vinha a Cruzeiro do Sul para retirar o benefício do Bolsa Família. Segundo a garota, os abusos começaram quando ainda tinha 12 anos. Goy teria ameaçado matar a menina caso ela contasse à mãe sobre os abusos.
Apesar das acusações, o padrasto nega que mantivesse relações sexuais com a garota, e diz que tudo é história inventada pela mãe da menina. “Se ela quer separar é só dizer que eu vou embora. Agora ficar me acusando? É tudo mentira!”, defende-se.

O caso foi registrado no conselho tutelar que enviou Boletim Notícia Crime à Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher e ao Menor (Deam). A delegada responsável pelo caso, já ouviu a vítima e algumas testemunhas.

Em depoimento a mãe da garota,Maria Esmeralda da Conceição, de 42 anos, alega que não sabia que o marido de 26, abusava sexualmente da filha.

Segundo relatos de Maria Esmeralda, o marido a ameaçava de morte quando bebia. A filha também era alvo de ameaças. Segundo a mulher, o marido mostrava-se bastante ciumento em relação a enteada, motivo que fez a mãe levantar algumas suspeitas. Mas, em todas as conversas entre mãe e filha, a menina, por medo negava que o padrasto a violentava sexualmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário