CANTOTO DO BLOG

CONTATO DO BLOG: oseias.ac@hotmail.com
orl.ac@hotmail.com

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Estelionatários de São Paulo são presos no Acre após fraudar Bingo da Família


A Polícia Civil do Estado do Acre prendeu na tarde de segunda-feira, 11, Rafael Paulino Jora da Silva, 27, Claiton Valdomiro Anholeto, 33, e Denilson Silva Jacinto, de 23 anos. O trio, segundo a investigação, fraudou no último dia 10, o bingo realizado pela Diocese de Rio Branco, no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco (Expoacre), pelas comemorações do 15º Domingo da Família.
Rafael Jora recebeu a voz de prisão no ato em que tentava resgatar o prêmio, um veículo Citroen C3, adquirido de forma fraudulenta. Em seguida os policiais civis sob o comando do delegado Roberth Alencar, titular da Delegacia Itinerante, foram até um hotel nas imediações da Rodoviária, onde prenderam Claiton Valdomiro Anholeto, 33, e Denilson Silva Jacinto, que usando da mesma escapula arrecadou uma moto Honda Fan.
Na posse dos suspeitos os policiais da Delegacia Itinerante apreenderam borracha escolar, tinta, lixa e vários carimbos com os mais variados números. O material era usado pelos criminosos para adulterar as cartelas, no momento em que o bingo era rodado. “O golpe era quase perfeito que se tornava imperceptível a olho nu”, destacou Roberth.
O secretário da Polícia Civil Emylson Farias, ressaltou que não é a primeira vez que criminosos de outros Estados esbarram na polícia do Acre. “Ninguém esta acima da Lei, vamos continuar mais vigilantes para evitar que atormentem a paz social”, disse o secretário.
 Emylson Farias lembrou que Rafael, Denilson e Claiton já atribularam muitos organizadores de bingo, em vários lugares do Brasil, tomando de maneira fraudulenta carros, motos e outros prêmios de valor. “Rafael chegou a encenar diante das pessoas que participavam do bingo, disse que nunca tinha sido contemplado em bingo, não adiantou e agora é presa da justiça acreana”, observou.
O GOLPE - Depois de aplicar golpes em diversos municípios do interior de São Paulo e Goiás, Rafael Paulino Jora da Silva, Claiton Valdomiro Anholeto e Denilson Silva Jacinto desembarcaram no aeroporto de Rio Branco no último sábado. Os criminosos viajaram em voo da TAM, gastaram cerca de R$ 4 mil com passagens, segundo a polícia. Em Rio Branco, se hospedaram em dois hotéis, todos nos arredores da rodoviária.
No dia em que chegaram à capital do Acre, procuram uma locadora de veículos e locaram um automóvel para andar pela cidade e conhecer nomes de alguns bairros. Domingo, minutos antes de começar o bingo os três seguiram para a Expoacre, onde de forma estratégica posicionaram o carro alugado e passaram aplicar o golpe. 




Com o material acondicionado em caixas de fósforos e no próprio carro (carimbos, tinta, borracha e lixa), eles, como num passe de mágica introduziram nas cartelas que compraram os números narrados pelo locutor. Os espertalhões só jogavam nos prêmios de maior valor.
No bingo da família os “sortudos” de araque, ganharam um carro Citroen e uma moto Fan. Aqui no Acre, a polícia acabou com as pretensões dos ladrões de lesar as pessoas e ao invés de carro e motos ganharam um lugar nas celas do presídio.

INVESTIGAÇÃO - Era início da tarde de sábado, 9, quando o delegado Roberth Alencar, da Delegacia Itinerante, recebeu de do Departamento de Inteligência da Polícia Civil (DIPC) a informação de que dois irmãos identificados por Claiton e David Anholeto, naturais da cidade de Americana/SP, estriam em Rio Branco a fim de participarem de um bingo que ocorreria no domingo, dia 10 de junho, ocasião em que falsificariam cartelas para obter por meio fraudulento o maior prêmio, um automóvel Citroen C3.
A denúncia foi levada ao conhecimento do delegado Roberth Alencar que destacou uma equipe de policiais para acompanhar o desenrolar do evento e verificar se algum dos denunciados seria contemplado no sorteio. O nome de Claiton e David Anholeto não apareceram entre os sorteados, porém, ao procurar à coordenação do evento, constatou-se que um rapaz identificado como sendo Rafael Paulino havia sido contemplado no bingo com um veículo Citroen C3, apresentando uma CNH emitida na cidade de Americana/SP, como identificação.
Rafael disse aos coordenadores que era morador de Rio Branco, mas entrou em contradição dizendo que era caminhoneiro. O fraudador recebeu da coordenação um recibo de entrega do prêmio para retirar o veículo na concessionária Citroen, sediada na Avenida Chico Mendes.
Pesquisas realizadas pelo Departamento de Inteligência da Polícia Civil constatou que Rafael responde a processo criminal pela prática de estelionato na comarca de Capão Bonito/SP, além de já haver ganhado alguns prêmios como motocicletas e veículos em bingos em algumas cidades do interior do Estado de São Paulo. Durante todo o domingo e madrugada de segunda-feira os policiais diligenciaram na tentativa de prender os fraudadores.
Na manhã de segunda-feira, Rafael Paulino chegou em um mototaxi no estacionamento da concessionária Citroen, na tentativa de resgatar o carro que ganhou no bingo, ocasião em que foi abordado e preso em flagrante. Em seguida acompanhou a equipe até o hotel, onde seus cúmplices foram presos. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário